A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

ARJ Macedónia: polícia e alegado grupo terrorista armado envolvem-se em confrontos

ARJ Macedónia: polícia e alegado grupo terrorista armado envolvem-se em confrontos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Violência volta a reinar na Antiga República Jugoslava da Macedónia.

Pelo menos cinco elementos das forças de segurança morreram em resultado de uma operação contra homens armados numa área da cidade de Kumanovo cuja população é predominantemente de origem albanesa.

A localidade situa-se a 40 quilómetros a norte da capital, Escópia.

Residentes locais foram evacuados enquanto a polícia levava a cabo a operação.

Um porta-voz do ministério do interior afirma que se trata de um grupo terrorista armado cujo propósito seria atacar edifícios governamentais.

Estima-se que cerca de 30% da população do país seja de origem albanesa.

Alguns residentes locais afirmam que se trata de uma iniciativa do primeiro-ministro Nikola Gruevski que pretende desviar as atenções a fim de encobrir os seus outros crimes.

O incidente ocorre quatro dias após manifestações organizadas pela oposição na capital, Escópia, contra a violência da polícia e abuso de poder.

Os manifestantes pretendem o afastamento do primeiro-ministro envolvido num escândalo de escutas telefónicas.