EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Afeganistão: 11 polícias condenados pelo linchamento mortal de Farkhunda

Afeganistão: 11 polícias condenados pelo linchamento mortal de Farkhunda
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com LUSA, EFE, REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O tribunal deu como provada a negligência dos agentes de autoridade afegãos na proteção da mulher de 27 anos

PUBLICIDADE

Um tribunal do Afeganistão condenou esta terça-feira 11 polícias por negligência, na sequência do linchamento mortal de há dois meses de uma mulher de 27 anos por um grupo de pessoas.

Numa sessão de julgamento transmitida inclusive pela televisão e com os pais da vítima na plateia, o juiz sentenciou os 11 polícias a um ano de prisão, absolvendo outros oito agentes por falta de provas. Os condenados terão falhado na proteção a Farkhunda, a mulher que foi agredida até à morte e cujo cadáver foi posteriormente queimado e atirado para um rio. “Estão condenados (…), por negligência de serviço, a um ano de prisão”, disse o juiz Safiullah Mojaddidi aos 11 arguidos, entre os quais estão oficiais superiores.

Farkhunda Murder: Afghan Judge Jails 11 Cops Over Slaying -… http://t.co/yh1sH9s2OP#Headlinespic.twitter.com/Bj5EXbRgSQ

— Last Grand Maester (iTwit_News) <a href="https://twitter.com/iTwit_News/status/600572681994444800">19 maio 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>O ataque aconteceu a 19 de março e foi precipitado pela denúncia de que a mulher teria alegadamente queimado uma cópia do livro sagrado do Corão diante do santuário islâmico de Shah-Do-Shamshir. A investigação do caso contrariou esta teoria e estabeleceu que o ataque à mulher teria sido incitado por fabricantes de talismãs religiosos, que a mulher teria denunciado. <p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">Read &quot;Farkhunda Said&quot; here <a href="http://t.co/Hto6MwSFH8">http://t.co/Hto6MwSFH8</a>; her poem recalls the pain of Farkhunda&#39;s death. <a href="https://twitter.com/hashtag/awwproject?src=hash">#awwproject</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/women?src=hash">#women</a> <a href="http://t.co/AcqVvRB2oS">pic.twitter.com/AcqVvRB2oS</a></p>&mdash; AWWProject (AWWProject) 18 maio 2015

O caso motivou vários protestos populares a exigir justiça. No início deste mês, a justiça afegã condenou à morte quatro homens pelo linchamento de Farkhunda, incluindo um dos seguranças do santuário. Outras oito pessoas foram sentenciadas a 16 anos de prisão e 18 acabaram absolvidas. O governo afegão proibiu ainda a venda de talismãs religiosos no país.

VIDEO: How Farkhunda has changed Afghanistan http://t.co/hsva95HYT4#ReutersNews#ReutersMostRead

— Reuters News (@ReutersMostRead) 19 maio 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apoia o filho após condenação, mesmo sem indulto. "Estamos orgulhosos do homem que ele é hoje"

Hunter Biden, filho de Joe Biden, condenado em julgamento por três crimes de posse de arma

O que é o TPI e que papel desempenha no julgamento de crimes de guerra?