This content is not available in your region

Bangladesh: Dono de fábrica que ruiu vai a julgamento

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Bangladesh: Dono de fábrica que ruiu vai a julgamento

O proprietário da fábrica que ruiu no Bangladesh, matando mais de 1100 pessoas, vai ser julgado por homicídio, juntamente com os pais. Ao todo, há 41 arguidos que podem vir a ser condenados à morte.

A fábrica produzia roupas para marcas como a Primark, a Bennetton e a Mango. O acidente alertou para as condições da mão-de-obra barata.