Última hora
This content is not available in your region

Afeganistão: Sobe para 9 o número de mortos num hospital dos Médicos Sem Fronteiras atingido por um bombardeamento

Access to the comments Comentários
De  Euronews com reuters, afp, efe
euronews_icons_loading
Afeganistão: Sobe para 9 o número de mortos num hospital dos Médicos Sem Fronteiras atingido por um bombardeamento
Tamanho do texto Aa Aa

Subiu para nove o número de mortos num bombardeamento que atingiu um hospital dos Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Kunduz, no norte do Afeganistão. As vítimas trabalhavam todas para a organização humanitária.

Os Estados Unidos admitem ser responsáveis pelo bombardeamento que acabou por atingir o hospital e abriram um inquérito ao sucedido. O exército norte-americano reconhece que podem ter existido “danos colaterais” de um ataque aéreo noturno contra posições dos talibãs, que chegaram a controlar a cidade durante a semana.

Para além das vítimas mortais há a registar quase quatro dezenas de feridos, muitos em estado considerado grave, e várias pessoas estão dadas como desaparecidas.

A tomada de Kunduz, na segunda-feira, foi a conquista militar mais importante dos talibãs desde que em 2001 foram afastados do poder após a ofensiva liderada pelos Estados Unidos. A batalha pela cidade prossegue.