Última hora

Última hora

Rússia pode intensificar luta contra jihadistas na Síria se necessário

Em leitura:

Rússia pode intensificar luta contra jihadistas na Síria se necessário

Rússia pode intensificar luta contra jihadistas na Síria se necessário
Tamanho do texto Aa Aa

As Forças Armadas russas estão muito longe de atingirem o limite das suas capacidades de combate na Síria e poderão usar “mais meios militares” se necessário. Uma informação avançada por Vladimir Putin, este sábado, no Kremlin, durante as comemorações do Dia dos Funcionários do Serviço de Segurança da Rússia:

“Quero sublinhar que não são, de todo, todas as nossas capacidades. O que estamos a utilizar na Síria está longe de ser tudo aquilo que temos. Temos mais meios militares e usá-los-emos se necessário for”, afirmou Putin.

Putin tinha já afirmado que Moscovo está disposto a trabalhar com todas as partes envolvidas nos esforços para resolver o conflito na Síria, incluindo Estados Unidos e o presidente sírio, Bashar al-Assad.

Também este sábado o chefe de Estado russo afirmou que, em 2015, os serviços secretos do seu país evitaram 30 atentados e identificaram mais de 320 espiões estrangeiros.

Há vários meses que a Rússia está empenhada na luta contra os jihadistas do grupo Estado Islâmico na Síria.