A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Economia chinesa dá novos sinais de abrandamento

Economia chinesa dá novos sinais de abrandamento
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os dados económicos vindos da China continuam a mostrar um abrandamento.

A atividade no setor terciário teve o crescimento mais lento dos últimos 17 meses em dezembro, segundo um estudo publicado esta quarta-feira.

Os dados mostram que o esforço de Pequim para reestruturar a economia, com um maior foco nos serviços e no consumo não teve o efeito desejado.

O índice PMI caiu um ponto em novembro, para os 50,2 pontos, o valor mais baixo desde julho de 2014.

Os 50 pontos marcam a fronteira entre o crescimento e a contração. Os dados do PIB no último trimestre e no total do ano vão ser publicados este mês.