Bolsa de Xangai fecha em alta e impulsiona praças europeias

Bolsa de Xangai fecha em alta e impulsiona praças europeias
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A bolsa de Xangai, a principal praça financeira chinesa, fechou a subir 1,97%. Um impulso conseguido depois de as autoridades terem suspendido o novo

PUBLICIDADE

A bolsa de Xangai, a principal praça financeira chinesa, fechou a subir 1,97%. Um impulso conseguido depois de as autoridades terem suspendido o novo sistema de interrupção das bolsas, ativado em caso de oscilações acentuadas. Também Shenzhen encerrou em terreno positivo, subiu 1,05%.

Segundo a Bloomberg, na origem desta reviravolta está, para além do facto da China ter decidido cancelar o sistema de suspensão automática da negociação, a compra de ações por parte de fundos estatais chineses e ainda a estabilidade cambial.

Uma lufada de ar fresco também para os mercados europeus que, depois de serem arrastados pela China para uma semana negra, abriram as sessões em alta. A Bolsa de Lisboa seguiu a tendência e abriu em terreno positivo, com o índice de referência da praça lisboeta, PSI20, a subir 0,75%. Na quinta-feira tinha encerrado a sessão a cair 0,45%.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Que setores da economia europeia estão expostos à China

Rússia comemora primeiro aniversário da anexação de quatro territórios do leste da Ucrânia

Crédit Suisse: governo convoca reunião especial