EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Costa do Marfim: TPI diz ter "grande número de provas" contra Gbagbo

Costa do Marfim: TPI diz ter "grande número de provas" contra Gbagbo
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP / Lusa / Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A procuradora do Tribunal Penal Internacional diz ter obtido “um grande número de provas” que demonstram a culpabilidade do ex-presidente da Costa do

PUBLICIDADE

A procuradora do Tribunal Penal Internacional diz ter obtido “um grande número de provas” que demonstram a culpabilidade do ex-presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, na violência pós-eleitoral em que mergulhou o país em 2010 e 2011 e que fez 3000 mortos.

O antigo chefe de Estado declarou-se esta quinta-feira “inocente” das quatro acusações de crimes contra a humanidade de que é alvo.

Gbagbo é julgado juntamente com o antigo líder de uma milícia, Charles Blé Goudé. Ambos são acusados de organizar um “plano comum” para assumir as rédeas da Costa do Marfim, que conduziu a assassinatos “generalizados”, violações, perseguições e outros “atos desumanos”, segundo a procuradora do TPI.

Apesar da severidade das acusações, o ex-presidente continua a contar com apoiantes, como demonstrou a manifestação contra o julgamento, que reuniu centenas de marfinenses no exterior do tribunal, em Haia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Antigo presidente da Costa do Marfim absolvido pelo Tribunal Penal Internacional

Governo australiano saúda libertação de Julian Assange

Tribunal russo condena soldado americano a quase quatro anos de prisão por roubo