EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Brexit: França ameaça não reter migrantes na "selva" de Calais

Brexit: França ameaça não reter migrantes na "selva" de Calais
Direitos de autor 
De  Dulce Dias com FT
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ministro da Economia promete também acolher de braços abertos todos os banqueiros que queiram deixar a City, caso o Reino Unido opte por sair da União Europeia

PUBLICIDADE

De olhos postos na cimeira franco-britânica desta quinta-feira, o ministro francês da Economia envia uma dupla mensagem aos ingleses.

Emmanuel Macron promete acolher de braços abertos todos os banqueiros que queiram deixar a City, caso o Reino Unido opte pelo Brexit.

E, nesse caso, lê-se também no Financial Times, a França também não continuará a reter os migrantes em Calais.

France would end Calais camp and woo bankers post Brexit, says #Macron – EU News eubusiness</a> <a href="https://t.co/X9lbMWzIry">https://t.co/X9lbMWzIry</a> <a href="https://t.co/F51jnLtan3">pic.twitter.com/F51jnLtan3</a></p>&mdash; EUbusiness (eubusiness) March 3, 2016

Ou seja, Paris ameaça pôr fim ao Acordo bilateral do Touquet, que permite ao Reino Unido efetuar controlo fronteiriços em França e manter aí os migrantes indesejados.

Recorde-se que mais de 4.000 pessoas se encontram, atualmente, na chamada “selva” de Calais – cuja zona sul, as autoridades francesas estão agora a desmantelar. Todos esses migrantes desejam passar para Inglaterra.

O primeiro-ministro britânico, que prometeu fazer campanha pela manutenção do Reino Unido na EU, já avisara que a “selva” de Calais podia transferir-se para o outro lado do Canal da Mancha, em caso de Brexit. Agora, é um ministro francês que diz a mesma coisa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lábios cosidos em protesto na "Selva" de Calais

Calais: Da "selva" para os contentores

A história sem fim de Calais