Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Turquia condena atentados de Bruxelas

Turquia condena atentados de Bruxelas
Tamanho do texto Aa Aa

Palco de uma vaga de atentados nos últimos meses, desde que declarou juntar-se ao combate contra a barbárie do autoproclamado Estado Islâmico, a Turquia reagiu aos acontecimentos em Bruxelas pela voz do primeiro-ministro: Ahmet Davutoglu:

"Quero convidar a humanidade a unir-se e a agir em conjunto para combater todos os tipos de terrorismo".

“Condeno estes ataques. O que se passou esta manhã, em Bruxelas, mostra mais uma vez a face do terrorismo global. Quero apresentar as minhas condolências ao governo e ao povo belga e expressar a nossa solidariedade. Estive em Bruxelas na semana passada e, hoje, novamente, quero convidar a humanidade a unir-se e a agir em conjunto para combater todos os tipos de terrorismo, seja do PKK, do Daesh ou de qualquer outro grupo”.

Só desde o inicio do ano, mais de 80 pessoas morreram e centenas ficaram feridas na Turquia em resultado de quatro atentados.