EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Papa lava pés a refugiados e insurge-se contra comércio de armas

Papa lava pés a refugiados e insurge-se contra comércio de armas
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O papa Francisco ajoelhou-se e lavou os pés a onze refugiados de diversas confissões religiosas, durante a missa de quinta-feira santa, em

PUBLICIDADE

O papa Francisco ajoelhou-se e lavou os pés a onze refugiados de diversas confissões religiosas, durante a missa de quinta-feira santa, em Castelnuovo di Porto, nos arredores de Roma.

Um gesto simbólico para evocar a situação de milhares de migrantes na Europa, durante o ritual católico da quaresma.

Uma forma, segundo o Santo Padre de contrapôr, “um gesto de fraternidade, a um gesto de guerra e destruição”, após os atentados de terça-feira em Bruxelas.

“Por detrás deste atentado há fabricantes de armas, traficantes de armas, traficantes que querem sangue e não a paz.

Hoje, todos os que estamos aqui dizemos que somos diferentes, temos culturas e religiões diferentes, mas somos irmãos e queremos viver em paz”, afirmou o santo padre.

Uma funcionária de um centro de acolhimento, quatro nigerianos católicos, três eritreus cristãos coptas, três muçulmanos do Mali, Síria e Paquistão e um indiano hindu participaram no ritual.

Um gesto que tinha sido já repetido no ano passado pelo Papa, face às críticas dos meios mais conservadores da Igreja Católica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Papa Francisco apela à solidariedade com as vítimas das guerras

Pelo menos três mortos em tiroteio durante marcha pela paz no Paquistão

Houthis do Iémen fazem ataque mortífero com drone em Telavive