Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Japão: Tepco começa a gelar solo à volta de Fukushima

Japão: Tepco começa a gelar solo à volta de Fukushima
Tamanho do texto Aa Aa

Um enorme muro de gelo para parar a contaminação das águas sob a central nuclear acidentada de Fukushima, no Japão: a Tepco, empresa que gere as instalações, começou esta quinta-feira a gelar o solo à volta dos reatores, para impedir a passagem das águas vindas das chuvas e das montanhas, que se infiltravam sob a central e ficavam contaminadas.

Os trabalhos para a edificação do “muro de gelo” começaram em 2014, mas entram agora numa fase crucial, com a instalação de uma fila de tubos verticais à volta dos edifícios onde se encontram os quatro reatores mais danificados, injentando depois um líquido refrigerante que deverá gelar o solo e criar a barreira artificial.

Serão precisos oito meses para que o solo fique completamente gelado. O problema das águas contaminadas tem dificultado os trabalhos de recuperação da central, danificada pelo sismo, seguido de um enorme tsunami, que devastou a 11 de março de 2011 o nordeste do Japão.