Procurador do TPI recorre da sentença que absolveu ultranacionalista sérvio

Procurador do TPI recorre da sentença que absolveu ultranacionalista sérvio
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O procurador do Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia afirmou, esta quarta-feira, que vai recorrer da sentença que absolveu o

PUBLICIDADE

O procurador do Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia afirmou, esta quarta-feira, que vai recorrer da sentença que absolveu o ultranacionalista, sérvio Vojislav Seselj, por “erros graves” na decisão dos juízes. A 31 de março, e contra todas as expectativas, o antigo deputado sérvio foi absolvido de nove acusações de crimes contra a Humanidade e de guerra.

Os juízes consideraram que o fundador do Partido radical sérvio (SRS) não era chefe hierárquico das milícias da formação e que os seus discursos tinham como objetivo aumentar a moral das tropas.

Já para o procurador, Vojislav Seselj “propagou uma política destinada a reunir todos os ‘territórios sérvios’” num Estado homogéneo ao qual chamava ‘Grande Sérvia’. Para a acusação ele é responsável por múltiplas mortes, perseguições, torturas, etc., na Bósnia, Croácia e Sérvia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Países Baixos suspendem oficialmente as perfurações no campo de gás de Groningen

Sérvia anuncia exercícios militares em grande escala perto da fronteira com o Kosovo

Kosovo mais perto de aderir ao Conselho da Europa. Decisão final tomada em maio