EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

França veste-se de protestos contra as alterações à Lei do Trabalho

França veste-se de protestos contra as alterações à Lei do Trabalho
Direitos de autor 
De  Nara Madeira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em França continuam os protestos nas “Nuit Debout”, que se transformaram num movimento de cidadãos “acordados” desde 31 de março. Noites em que, de

PUBLICIDADE

Em França continuam os protestos nas “Nuit Debout”, que se transformaram num movimento de cidadãos “acordados” desde 31 de março. Noites em que, de facto não se dorme, os jovens principalmente. Um protesto que tem na sua génese a luta contra as alterações à Lei do Trabalho.

Voilà comment on fonctionne à #NuitDebout ! #Lyon#Gestuellepic.twitter.com/EitY9Y6ZnU

— Nuit Debout – Lyon (@NuitDeboutLyon) 9 de abril de 2016

Nuit debout protesters occupy French cities in revolutionary call for change #NuitDebout#Nanteshttps://t.co/djQfb4gVU4

— okumurarica (@okumurarica) 9 de abril de 2016

Uma manifestação pacífica que se estendeu a Lyon e a outras 58 cidades mas que tem o seu foco principal em Paris.

On passe une #NuitDebout merveilleuse à #Paris#40marspic.twitter.com/F71Fu9y5OD

— Nuit Debout Paris (@nuitdeboutparis) 9 de abril de 2016

A este protesto juntou-se mais uma jornada de mobilização, a sexta, organizada pela Intersindical, com o mesmo propósito.

Esta noite, em Paris, uma parte dos manifestantes decidiu partir da “Place de la République”, a base das “Nuit Debout”, para fazer uma visita à residência oficial do Primeiro-ministro, que se encontra em visita oficial à Argélia. Acabaram bloqueados pela polícia e a manifestação pacífica passou a violenta, na “Place de la Nation”, com a polícia a lançar gás lacrimogéneo contra manifestantes que, de rosto coberto, arremessavam pedras.

Os confrontos estenderam-se a Nantes e Rennes.

#FranceProtest against govnmt syndicalisms</a>: Police violently intervene against protesters in <a href="https://twitter.com/hashtag/Nantes?src=hash">#Nantes</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/NuitDebout?src=hash">#NuitDebout</a> <a href="https://t.co/driLkcwMM2">pic.twitter.com/driLkcwMM2</a>”</p>&mdash; Aenea Endymion (aenea2662) 9 de abril de 2016

Ao todo, as autoridades detiveram 27 pessoas.

Em Lisboa um pequeno grupo solidarizou-se com os franceses

Assemblea de #NoiteDePé a Lisboa. S'han emplaçat de nou el 16-04 a les 18h. #NuitDebout#40Marspic.twitter.com/aOCi4SuXiu

— Xavier Puig (@xavierps7) 10 de abril de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reforma do Trabalho: França em tumulto

Francês detido no Irão por participar em protestos após a morte de Mahsa Amini foi libertado

Presidente da França em risco de perder influência ao nível da UE