Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

"Direitos humanos são um meio para lutar contra o terrorismo" garante Hollande

"Direitos humanos são um meio para lutar contra o terrorismo" garante Hollande
Tamanho do texto Aa Aa

“Os direitos humanos são um meio para lutar contra o terrorismo”. A declaração foi feita pelo Presidente francês durante a visita oficial ao Egito. A declaração foi feita por Hollande ao lado do chefe de Estado egípcio, que tem sido acusado por várias organizações não governamentais de ser responsável por uma enorme e sangrenta repressão no país. Recorde-se que Abdel Fattah al-Sissi chegou ao poder em julho de 2013 na sequência de um golpe militar.

“Os direitos humanos não são um constrangimento, são uma forma de lutar contra o terrorismo desde que a segurança esteja garantida e as ações sejam assertivas”, afirmou François Hollande.

Hollande disse ainda que falou com o Presidente Sissi sobre a liberdade de imprensa e a liberdade de expressão e abordou casos considerados sensíveis, como o do francês Eric Lang e do italiano Giulio Regeni, que morreram no Egito. Eric Lang, um francês detido no Cairo em 2013 pela polícia, foi espancado até morte na sua cela “por outros detidos”, segundo o procurador-geral do Cairo.

Guilio Regeni, um estudante italiano envolvido numa investigação sobre o movimento operário no Egito, foi raptado no centro da capital egípcia em 25 de janeiro e encontrado nove dias mais tarde numa vala, com sinais de tortura por todo o corpo.

François Hollande visitou o Cairo depois de ter estado no Líbano. Esta viagem inclui também uma componente económica, com o reforço das relações bilaterais.