EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Televisão: contagem decrescente para lançamento do canal Africanews

Televisão: contagem decrescente para lançamento do canal Africanews
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois da internet, o canal de notícias Africanews passa, esta quarta-feira, a estar também disponível em televisão. Um canal feito a pensar num

PUBLICIDADE

Depois da internet, o canal de notícias Africanews passa, esta quarta-feira, a estar também disponível em televisão. Um canal feito a pensar num público africano.

A filial da Euronews com sede na República do Congo conta com uma equipa composta por 45 pessoas de 15 nacionalidades. A redação está, temporariamente, instalada em Ponta Negra. A cobertura vai ser feita, inicialmente, em inglês e francês.

“No início, tivemos de nos adaptar porque temos trajetórias diferentes. Tivemos de nos habituar às diferentes culturas já que há pessoas de países anglófonos ou francófonos que se mudaram para Ponta Negra. Com o tempo aprendemos a trabalhar juntos e o ambiente é muito profissional. Aprendemos a fazê-lo para bem do projeto e funciona” sublinha a chefe de Redação, Narkwor Kwabla.

Jornalistas e técnicos ultimam os preparativos para apresentar ao mundo informações sobre África sob uma perspetiva africana. Os profissionais consideram que se trata de uma oportunidade para deitar por terra os estereótipos sobre o continente.

“A prioridade é a informação africana. Se olhar para aqui pode ver que só tratamos temas africanos” afirma o jornalista Wahany Sambou

Dar a África um lugar no mundo das notícias é o principal objetivo do canal. “O dia-a-dia dos africanos é influenciado por aquilo que vem de fora. Pela primeira vez, vamos ter a possibilidade de mostrar livremente a perspetiva africana. É isto que o projeto Africanews representa para nós” refere o jornalista Jean-David Mihamlé.

Cerca de dois anos após a assinatura do acordo de parceria entre a Euronews e a televisão nacional da República do Congo, também, os telespetadores vão ter a possibilidade de seguir o canal através da televisão. A contagem decrescente já começou.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Televisão pública húngara emite debate político pela primeira vez em 18 anos

Gabinete de Netanyahu aprova encerramento da delegação da Al Jazeera em Israel

Eslovacos protestam contra planos de governo para controlar emissoras