Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Egito: Repressão em protestos contra presidente al-Sisi

Egito: Repressão em protestos contra presidente al-Sisi
Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de pessoas manifestaram-se no Cairo contra o governo e o presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sissi.

Mas o protesto foi de imediato reprimido pelas autoridades com granadas de gás de lacrimogéneo e detenções.

Neste 25 de Abril, feriado para evocar a restituição da península do Sinai em 1982, movimentos laicos e esquerda apelaram à contestação contra o que dizem ser a política agressiva do governo e a restituição à Arábia Saudita de duas ilhas.

Al-Sisi é acusado de vender as ilhas aos sauditas em troca de investimento. Historicamente, Tiran e Sanafir, eram sauditas, colocadas sob proteção egípcia no conflito com Israel, país que as devolveu à soberania egípcia nos anos 80.

As autoridades anteciparam-se aos protestos. Na sexta-feira um grupo de advogados publicou uma lista de 59 pessoas que diz terem sido detidas.

No domingo, o presidente proferiu um discurso onde pediu às pessoas para defenderem as instituições e o Estado do Egito contra “as forças do mal”.