Última hora
This content is not available in your region

Parlamento austríaco debate endurecimento da lei de asilo

euronews_icons_loading
Parlamento austríaco debate endurecimento da lei de asilo
Tamanho do texto Aa Aa

Num contexto de subida da extrema-direita na Áustria, o Parlamento em Viena começou a debater um projeto de lei que prevê a possibilidade de decretar “estado de emergência” migratório e limitar o direito de asilo.

Apesar dos protestos de organizações não-governamentais e de uma parte da oposição, o texto é um dos mais restritivos da Europa e permitirá em determinadas circunstâncias bloquear os migrantes nas fronteiras ou limitar a três anos o asilo e restringir o reagrupamento familiar.

Situada no cruzamento das duas principais rotas migratórias na Europa — via Balcãs e via Itália — a Áustria viu transitar pelo país o ano passado várias centenas de milhares de migrantes. Acolheu 90.000, o que representa mais de 1% da sua população.

Esta quarta-feira, junto à fronteira Italo-húngara centenas de manifestantes italianos protestaram contra a deportação de migrantes e contra as propostas de endurecimento de controlo de fronteiras.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.