EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Índia pronta a extraditar fuzileiro italiano detido há 4 anos

Índia pronta a extraditar fuzileiro italiano detido há 4 anos
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Índia e a Itália parecem à beira de um acordo para pôr fim a uma crise diplomática de quatro anos. Nova Deli afirmou estar pronta a entregar às

PUBLICIDADE

A Índia e a Itália parecem à beira de um acordo para pôr fim a uma crise diplomática de quatro anos.

Nova Deli afirmou estar pronta a entregar às autoridades italianas, Salvatore Girone, um dos dois fuzileiros detidos no país em 2012, depois de abaterem dois pescadores durante uma operação contra a pirataria marítima.

O anúncio ocorre na véspera do tribunal permanente de arbitragem de Haia autorizar a extradição, numa decisão prevista para esta terça-feira.

O ministro dos Negócios Estrangeiros italiano, Paolo Gentiloni, congratulou-se com a decisão do tribunal.

“Os juízes deram-nos razão por duas vezes e acredito que voltarão a fazê-lo no final do processo. No final os argumentos de Girone e Latorre, e de Itália, vão prevalecer. Vai demorar um pouco de tempo, mas vão prevalecer”.

Os dois fuzileiros tinham sido detidos depois de abaterem por engano dois pescadores, quando patrulhavam o cargueiro italiano “enrica Lexie” na costa indiana.

Girone poderá aguardar agora a decisão final do Supremo Tribunal indiano, em Itália, sob liberdade condicional.

O segundo fuzileiro tinha sido já extraditado para Itália em 2014 por razões de saúde.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alemanha goleia Escócia no jogo inaugural do Euro 2024

G7 concorda com empréstimo à Ucrânia de ativos russos

Guerra na Ucrânia domina cimeira do G7 em Itália