EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

França: Milhares de pessoas desfilam contra lei do trabalho

França: Milhares de pessoas desfilam contra lei do trabalho
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O braço de ferro entre o governo e os sindicatos mais à esquerda prossegue nas ruas de França.

PUBLICIDADE

O braço de ferro entre o governo e os sindicatos mais à esquerda prossegue nas ruas de França. Ao oitavo dia de greves setoriais e de bloqueios de refinarias e depósitos de combustível, os contestatários à nova lei do trabalho voltaram a desfilar nas ruas de Paris e de outras cidades do país. Os sindicatos falam em 100 mil pessoas nas ruas da capital, a polícia anuncia menos de 20 mil.

O secretário-geral do sindicato Força Operária, Jean-Claude Mailly, acusa o primeiro-ministro de inflexibilidade na revisão do texto e enquanto mantiver essa atitude o conflito vai perdurar.

O homólogo da CGT, Philippe Martinez, citou uma sondagem de acordo com a qual 70 por cento da população rejeita a nova lei do trabalho para refutar a acusação de Manuel Valls de que uma minoria está a bloquear o país.

Em Paris a polícia de choque acabou por entrar em confrontos com um grupo de vândalos que abandonou o cortejo sindical e começou a partir montras e a degradar automóveis. As autoridades anunciaram uma dúzia de detenções.

No resto do país registaram-se igualmente alguns incidentes. Há indicação de pelo menos três manifestantes feridos por condutores que tentaram furar os bloqueios dos grevistas.

O nível de contestação ao governo socialista é inédito nas últimas décadas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Franceses acreditam que a história se vai repetir

Paris 2024: previsões do quadro de medalhas, factos, programa do dia de abertura e quais os recordes que poderão ser batidos

"Muro da Trégua" na Aldeia Olímpica apela à paz no mundo