Ex-Presidente do Chade Hissène Habré condenado no Senegal por crimes contra a humanidade

Ex-Presidente do Chade Hissène Habré condenado no Senegal por crimes contra a humanidade
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ex-presidente do Chade Hissène Habré foi esta segunda-feira condenado, no Senegal, a prisão perpétua.

PUBLICIDADE

O ex-presidente do Chade Hissène Habré foi esta segunda-feira condenado, no Senegal, a prisão perpétua.

A condenação do Tribunal Especial Africano, criado em 2013 pela União Africana, teve por base vários crimes contra a humanidade, cometidos entre 1982 e 1990, incluindo tortura e assassinato de vários opositores políticos.

#HissèneHabré guilty of atrocities, jailed for life. ReedBrody</a> on the long road to justice <a href="https://t.co/Z0Hymz1ao0">https://t.co/Z0Hymz1ao0</a> <a href="https://t.co/MvGgafNkf5">pic.twitter.com/MvGgafNkf5</a></p>&mdash; Human Rights Watch (hrw) 30 de maio de 2016

O tribunal foi “convencido” pelo testemunho de Khadija Hassan Zidane, que, durante o processo, afirmou ter sido vítima de violação cometida por Hissène Habré.

A decisão do tribunal sediado no Senegal põe termo a uma batalha de 16 anos, liderada por vitimas e ativistas pelos direitos do homem, para levar à justiça Hisséne Habré.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente do Chade proclama IV República e estende mandato

Confrontos no Senegal após líder da oposição ser acusado de insurreição e partido dissolvido

Juiz condena Trump a pagar 355 milhões de dólares por ter mentido sobre a sua fortuna