EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Atentado reclamado por grupo ligado à Al-Qaeda mata 15 pessoas na Somália

Atentado reclamado por grupo ligado à Al-Qaeda mata 15 pessoas na Somália
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pelo menos 15 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas num atentado na capital da Somália.

PUBLICIDADE

Pelo menos 15 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas num atentado na capital da Somália. Uma viatura armadilhada explodiu junto a um hotel no centro de Mogadíscio, antes de os atacantes entrarem aos tiros no edifício. Tudo aconteceu perto das 18 horas locais, mas à noite ainda se ouviam tiros esporádicos, o que sugere que o assalto das forças especiais ainda estivesse em curso.

“Gritei por ajuda, porque havia muitas pessoas debaixo dos escombros, que pediam que as socorressem ou chamassem ambulâncias”, contou Jama Abdi, que foi ferido pela explosão.

Os militantes do grupo al-Shabab, ligado à Al-Qaeda, reivindicaram rapidamente o ataque contra a unidade hoteleira, frequentada por deputados. Os islamistas dizem ter matado muitos membros do “Governo infiel”. Pelo menos dois deputados terão morrido no ataque.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Terraço do edifício que ruiu em Palma de Maiorca era ilegal

Mais de 2000 dados como mortos após deslizamento de terras na Papua-Nova Guiné

O que fez colapsar o restaurante Medusa em Maiorca?