Líderes internacionais condenam "ataque bárbaro e cobarde" em Nice

Líderes internacionais condenam "ataque bárbaro e cobarde" em Nice
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cimeira Ásia-Europa iniciou-se esta madrugada na capital da Mongólia, com um minuto de silêncio, em nome das vítimas do ataque em Nice.

PUBLICIDADE

A cimeira Ásia-Europa iniciou-se esta madrugada na capital da Mongólia, com um minuto de silêncio, em nome das vítimas do ataque em Nice.

Uma ação condenada em uníssiono pela comunidade internacional, quando vários líderes apelaram ao reforço da cooperação na luta contra o terrorismo.

European and Asian leaders pay respect to victims of #Nice attack. We stand united against violence and hatred pic.twitter.com/NU0IRhZd7H

— Donald Tusk (@eucopresident) July 15, 2016

“É um trágico paradoxo que este ataque tenha visado pessoas que celebram a liberdade, a igualdade e a fraternidade. Hoje todos, na Europa e na Ásia, estamos unidos com o povo francês e o seu governo. Nós condenamos esta tragédia e vamos manter a nossa luta contra a violência extrema e o ódio”, afirmou Donald Tusk, o presidente do Conselho europeu, em Ulan Bator.

A Chanceler alemã, reagiu igualmente aos acontecimentos em Nice, durante a reunião:

“O que conta neste dia é a solidariedade. A solidariedade dos alemães com os nossos amigos em França, solidariedade de todos os países reunidos neste local na luta contra o terrorismo. A Alemanha está ao lado da França e de muitos outros na luta contra o terrorismo e estou convencida, apesar das dificuldades, que vamos vencer esta luta”.

Nos Estados Unidos, o presidente Barack Obama reagiu através das redes sociais, com um comunicado, onde condena, “o que parece ser um terrível atentado terrorista”, reafirmando, “a solidariedade com a França, o nosso aliado mais antigo”.

.@POTUS on the attack in Nice, France: pic.twitter.com/CrbChxZs04

— The White House (@WhiteHouse) July 14, 2016

O presidente sublinhou ainda que, “os valores da república francesa vão perdurar”, depois do ataque.

Na Austrália, a ministra dos Negócios Estrangeiros, Julie Bishop, condenou igualmente o ataque:

“O governo australiano está profundamente chocado com este ataque horrível e condenamos o que aparenta ser um atentado terrorista que ocorreu durante o dia nacional em Nice … Os australianos devem prosseguir a sua vida normal, mas têm que ter consciência do alerta aos viajantes lançado pelo governo, .onde obviamente incluímos este incidente. Apelamos aos australianos para que sejam altamente cautelosos em França”.

JUST ISSUED: #UNSC press statement on Terrorist Attack in Nice, France. #NiceAttack#AttentatNice@franceonupic.twitter.com/Zq6D5Y84Ip

— UN Report (@UN_Report) July 15, 2016

Em Nova Iorque, o Conselho de Segurança da ONU reagiu igualmente esta noite, ao condenar, “um ataque bárbaro e cobarde”. Numa declaração conjunta, os 15 países apresentaram as condolências às vítimas, sublinhando, “a necessidade de de combater a ameaça terrorista, com todos os meios possíveis”.

Em Portugal, o primeiro-ministro António Costa afirmou que, “Portugal sofre com a França”, acrescentando, “todos partilhamos os seus valores: liberdade, igualdade, fraternidade”.

Nous sommes avec vous, solidaires dans la souffrance. Portugal partage les mêmes valeurs de la France: liberté, égalité et fraternité.

— António Costa (@antoniocostapm) July 14, 2016

Outras reações internacionais:

Les Canadiens sont bouleversés par l'attentat de ce soir à Nice. Notre sympathie va aux victimes et notre solidarité, au peuple français.

— Justin Trudeau (@JustinTrudeau) July 14, 2016

Shocked and saddened by the appalling events in Nice, and the terrible loss of life.

— Boris Johnson (@BorisJohnson) July 15, 2016

In light of the horrible attack in Nice, France, I have postponed tomorrow's news conference concerning my Vice Presidential announcement.

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) July 14, 2016

Devastated by this unspeakable attack on #Nice. London is united with you in our grief, and in our determination to defeat terrorism.

— Mayor of London (@MayorofLondon) July 15, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque de Nice: Noite de terror em França (Cronologia)

Dezenas de detidos depois de agricultores franceses bloquearem a circulação nos Campos Elísios

Tráfico de droga e tiroteios em Marselha: será que a situação está fora de controlo?