EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Múltiplas explosões na Tailândia: pelo menos 4 mortos

Múltiplas explosões na Tailândia: pelo menos 4 mortos
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Várias explosões em múltiplos locais na Tailândia mataram pelo menos 4 pessoas.

PUBLICIDADE

Várias explosões em múltiplos locais na Tailândia mataram pelo menos 4 pessoas.

Duas explosões em Hua Hin, um local turístico costeiro a 200 quilómetros sul de Banguecoque, com intervalo de meia hora, mataram uma mulher e feriram 19 pessoas, das quais sete estrangeiras na quinta feira. Uma outra dupla explosão, no mesmo local e horas depois, vitimou mais uma pessoa, num fim de semana concorrido de sexta feira feriado nacional.

#HuaHin sea resort reportedly in shutdown mode & tourists suggested to stay inside safe places. #Thailand ht TNN news

— Pravit Rojanaphruk (@PravitR) August 12, 2016

Em Surat Thani, uma bomba explodiu em frente à sede da polícia marítima, com uma vítima mortal e ferindo 3 outras. Meia hora depois, uma segunda bomba também em Surat Thani, em frente à esquadra da polícia, não fez vítimas. Ambas foram detonadas por telemóvel.

Em Phuket, importante destino turístico, também se registaram duas explosões, com pelo menos um ferido e em Trang uma outra bomba fez um morto.

Police say bombs in another Thai city kill 1 person after string of attacks hit country. https://t.co/9YgOqePAKI

— The Associated Press (@AP) August 12, 2016

A instabilidade política na Tailândia na última década tem historial do uso de pequenas bombas improvisadas. Estes ataques tornaram-se raros desde que os militares chegaram ao poder, há dois anos, através de um golpe.

Os tailandeses aprovaram hà menos de uma semana uma nova constituição que amplia largamente o poder militar.

A Tailândia referendou e aprovou na semana passada uma nova constituição que dá ao Senado, escolhido pela Junta Militar em exercício de governo, poderes para interferir na eleição do primeiro-ministro, reforçando ainda mais o poder militar no governo vigente desde 2014.

A Tailândia terá eleições em 2017.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tailândia enfrenta problemas com macacos urbanos

Rússia bombardeia zona civil em Kharkiv e deixa 14 edifícios destruídos

Incêndio de grandes dimensões consome depósito de gás na Tailândia