EUA: Imã de mesquita e assistente alvejados na cabeça em Nova Iorque

EUA: Imã de mesquita e assistente alvejados na cabeça em Nova Iorque
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um atirador isolado matou o Imã da Mesquita Al-Furqan, em Nova Iorque, e uma outra pessoa com tiros na cabeça, segundo a imprensa nova-iorquina.

PUBLICIDADE

Um atirador isolado matou o Imã da Mesquita Al-Furqan, em Nova Iorque, e uma outra pessoa com tiros na cabeça, segundo a imprensa nova-iorquina.

#Imam, assistant shot and killed near mosque in Queens, NYC (Photos: Xinhua) pic.twitter.com/sjX2aqwx4x

— Global Times (@globaltimesnews) August 14, 2016

Os dois estavam vestidos com traje muçulmano e tinham rezado juntos na mesquita alguns momentos antes. Testemunhas dizem que tudo se passou muito depressa e que foram disparados cinco tiros. A motivação é o que se procura agora:

O porta voz da Polícia local declarou: “O homem de 55 anos identificado como Maulama Akongee morreu como resultado dos ferimentos… a esta altura ainda não foi estabelecido um motivo. Não há nada no inquérito preliminar que indique que ambos fossem atingidos devido à fé que professavam.”

O atirador está fugido das autoridades.

A outra vítima, Thara Uddin, era assistente do imã, tinha 60 anos e morreu 4 horas depois do ataque.

Words matter Trump! You are responsible for inciting hate. #imam shot pic.twitter.com/NCqXUqrEuT

— Mgm (@7Marlenemiller) August 14, 2016

Membros da mesquita rapidamente se juntaram no local, onde o Imã gozava da melhor reputação e era visto como um homem bom e de paz.

Alegações de que a culpa era de Trump devido à sua islamofobia puderam ser ouvidas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos

Israel vai abrir dois corredores de ajuda humanitária em Gaza após aviso dos EUA

Homem que recebeu rim de um porco teve alta hospitalar