EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Defeito em envelopes adia ida às urnas de austríacos

Defeito em envelopes adia ida às urnas de austríacos
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Áustria vai adiar a repetição das eleições presidenciais devido a um defeito nos envelopes utilizados nos votos por correspondência.

PUBLICIDADE

A Áustria vai adiar a repetição das eleições presidenciais devido a um defeito nos envelopes utilizados nos votos por correspondência.

O escrutínio, inicialmente, agendado para 02 de outubro vai agora realizar-se a 04 de dezembro.

O ministro do Interior austríaco, Wolfgang Sobotka, explica que o adiamento se prende com um defeito detetado nos envelopes utilizados no país, mais concretamente com o facto da cola se dissolver ao fim de 25 minutos no máximo. Uma situação permite que os envelopes possam ser abertos, vezes sem conta, e os boletins de voto retirados.

Irregularidades na contagem dos votos por correio na segunda volta das presidenciais, em maio, ditaram a repetição do escrutínio.

O candidato ecologista Alexander Van der Bellen venceu as eleições com cerca de 50 por cento dos votos, ou seja, mais 31 mil votos que Norbert Hofer, da extrema-direita, o segundo mais votado. A eleição foi, na altura, decidida com votos dos eleitores no estrangeiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rebenta na Áustria o maior escândalo de espionagem das últimas décadas

Milhares de pessoas manifestam-se contra a extrema-direita na Áustria

Áustria quer retirar sem-abrigo das ruas com modelo finlandês