Última hora
This content is not available in your region

Itália: Roma celebra primeira união civil entre homossexuais

euronews_icons_loading
Itália: Roma celebra primeira união civil entre homossexuais
Tamanho do texto Aa Aa

Roma celebra primeira união civil entre pessoas do mesmo sexo.

Trata-se da primeira união celebrada após a entrada em vigor em junho de uma lei que reconhece este modelo de união conjugal.

O casal, Luca e Francisco, já viviam juntos há seis anos tendo-se mudado para Espanha onde chegaram a casar.

“Já tínhamos decidido casar e mudámo-nos para o estrangeiro mas quando a lei foi aprovada decidimos fazer as malas e regressar a Itália”, afrimou Francisco Raffaele Villarusso, um dos noivos, de 43 anos de idade.

A cerimónia foi presidida pela nova presidente da câmara de Roma, Virginia Raggi.

A Itália foi o último país da União Europeia a reconhecer o estatuto legal de uniões entre pessoas do mesmo sexo.

A oposição da Igreja Católica levou à distinção entre união civil e casamento.

A primeira união civil do país foi celebrada a 24 de julho numa localidade situada nas proximidades de Bolonha.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.