Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Síria: Mais de 90 mortos nos bombardeamentos de Aleppo

Síria: Mais de 90 mortos nos bombardeamentos de Aleppo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com Ricardo Figueira e Reuters

A cidade síria de Aleppo sofreu esta sexta-feira uma série de ataques aéreos descritos pela população “como os mais violentos até ao momento”, depois do anúncio por parte de Damasco de querer recuperar a maior cidade do país.

O exército do Governo de Bashar al-Assad conta com o apoio dos Governos russo e iraniano num conflito que dura há cerca de cinco anos e meio.

Os recentes ataques deixam prevêr que a recuperação do frágil cessar-fogo alcançado há cerca de uma semana e abandonado na segunda-feira passada, seja, a partir de agora, muito difícil.

Segundo a Reuters, pelo menos 91 pessoas morreram no ataque. A agência cita como fonte um dos responsáveis por um hospital numa zona da cidade controlada pelos rebeldes.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, no entanto, disse que teriam morto 27 pessoas nos ataques.

A UNICEF, por seu lado, disse que quase dois milhões de pessoas perderam acesso a água depois dos ataques de quinta e sexta-feira.