EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Oposição paquistanesa renuncia ao bloqueio de Islamabad

Oposição paquistanesa renuncia ao bloqueio de Islamabad
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A oposição paquistanesa renunciou ao bloqueio de Islamabad anunciado para quarta-feira, satisfeita com a decisão do Supremo Tribunal de abrir uma investigação sobre os bens detidos no estrangeiro pela

PUBLICIDADE

A oposição paquistanesa renunciou ao bloqueio de Islamabad anunciado para quarta-feira, satisfeita com a decisão do Supremo Tribunal de abrir uma investigação sobre os bens detidos no estrangeiro pela família do primeiro-ministro Nawaz Sharif através de holdings off-shore cuja existência foi revelada pelos “documentos do Panamá”.

O partido populista PTI (Pakistan Tehreek-e-Insaf, Movimento pela Justiça) tinha prometido paralisar a capital no dia 2 de novembro com um milhão de manifestantes para reclamar a demissão de Sharif. O PTI conseguiu em 2014 bloquear a capital durante quatro meses.

Em vez do bloqueio, o líder do PTI, Imran Khan, anunciou um comício festivo para exprimir a gratidão do partido pela decisão do Supremo Tribunal.

Nos últimos dias, militantes da oposição envolveram-se em conflitos com a polícia. Pelo menos um milhar de apoiantes do Movimento pela Justiça foram presos após a interdição de manifestações na capital anunciada na semana passada. A polícia recorreu na segunda-feira a gás lacrimogéneo e balas de borracha para dispersar cerca de cinco mil manifestantes na auto-estrada que liga Peshawar e Islamabad.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Regresso forçado de milhares de afegãos satura fronteira com o Paquistão

Mais de 165 mil afegãos obrigados a abandonar o Paquistão

Dezenas de mortos em alegados atentados suicidas no Paquistão