A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

EUA: Volkswagen declara-se culpada de fraude no caso "Dieselgate"

EUA: Volkswagen declara-se culpada de fraude no caso "Dieselgate"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Volkswagen cumpre o acordo com as autoridades norte-americanas, ao declarar-se culpada de fraude no chamado caso “Dieselgate”.

Frente ao Tribunal de Detroit, a companhia alemã admitiu a responsabilidade no escândalo das emissões poluentes truncadas dos motores a gasóleo de quase 600 mil veículos.

O reconhecimento da fraude é um dos pontos do acordo com Washington, à luz do qual a empresa comprometeu-se a pagar uma multa de 2.800 milhões de dólares por “conspirar” contra os clientes norte-americanos.

A justiça vai agora examinar o entendimento, selado em janeiro, que prevê igualmente uma sanção de 1.500 milhões de dólares por fraude alfandegária.