Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Interpol à procura de quatro norte-coreanos

Interpol à procura de quatro norte-coreanos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Interpol emitiu um alerta vermelho contra quatro norte-coreanos suspeitos de envolvimento no assassinato do meio-irmão do líder norte-coreano Kim Jong Un.

Acreditamos que já se encontram em Pyongyang

Khalid Abu Bakar Chefe da polícia malaia

Kim Jong Nam, meio-irmão do líder, foi assassinado no aeroporto de Kuala Lumpur na Malásia no dia 13 de fevereiro.

O assassinato teria sido levado a cabo por duas mulheres que lançaram um produto químico tóxico sobre o meio irmão de Kim Jong Un.

“Já foi emitido um alerta vermelho contra os quatro norte-coreanos que passaram pelo aeroporto no dia do incidente e que acreditamos já se encontram em Pyongyang”, disse Khalid Abu Bakar, chefe da polícia malaia.

As autoridades na Malásia já confirmaram a identidade de Kim Jong Nam após a realização de testes de DNA.

A Coreia do Norte continua a rejeitar os resultados da autópsia alegando que o nome da vítima é Kim Chol, nome que constava do passaporte utilizado por Kim Jong Nam.

O alerta vermelho emitido pela Interpol permite a localização e detenção provisória de um indivíduo.