EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Coreia do Norte testa Trump com novo lançamento de míssil

Coreia do Norte testa Trump com novo lançamento de míssil
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Coreia do Norte volta a testar Donald Trump, com o lançamento de um míssil na véspera de uma cimeira entre os Estados Unidos e a China.

PUBLICIDADE

A Coreia do Norte volta a testar Donald Trump, com o lançamento de um míssil na véspera de uma cimeira entre os Estados Unidos e a China.

O míssil de médio alcance teria percorrido cerca de 60km, a uma altura de 198km, antes de se despenhar no mar do Japão.

Trata-se do terceiro teste de Pyongyang desde fevereiro, depois de um míssil KN-15 ter percorrido cerca de 500km de distância.

O governo japonês não poupou críticas ao que considerou ser uma nova provocação:

“Nós não podemos tolerar em absoluto estas provocações repetidas e protestámos com vigor contra esta ação”, afirmou o porta-voz do governo, Yoshihide Suga.

O teste ocorreu horas antes de Donald Trump evocar o dossiê nuclear norte-coreano com o seu homólogo chinês, Xi Jinping, durante um encontro na Florida.

O novo presidente norte-americano ameaçou lançar uma ação unilateral contra Pyongyang, antes de pedir hoje a Xi que aumente a pressão sobre o país aliado de Pequim.

Secretary Tillerson: The United States has spoken enough about North Korea. We have no further comment. https://t.co/ccVPjWTWdX

— Department of State (@StateDept) April 5, 2017

A reação do novo secretário de estado norte-americano, Rex Tillerson, ao novo teste de Pyongyang foi sumária: “Os EUA já falaram o suficiente da Coreia do Norte”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Barcos chineses confrontam embarcações da Marinha filipina

Dalai Lama recebe delegação de congressistas norte-americanos na Índia

Diplomacia dos pandas: primeiro-ministro chinês visitou zoo de Adelaide para ver Wang Wang e Fu Bi