EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Colômbia: greve pacífica acaba em violência

Colômbia: greve pacífica acaba em violência
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

A violência irrompeu na sexta feira na cidade portuária de Buenaventura, depois de uma greve de três dias por falta de segurança e de um plano estratégico para a cidade por parte do governo.

O balanço dos distúrbios salda-se em pilhagens e destruição, recolher obrigatório à meia noite imposto pela polícia, um morto, 11 feridos e 41 pessoas detidas.

Respeto y defiendo derecho a la protesta. Vandalismo y saqueos no son permitidos. Situación en Buenventura, bajo control de fuerza pública.

— Juan Manuel Santos (@JuanManSantos) 20 mai 2017

Francy Hernandez, uma residente em Buenaventura, fala do que viu: “Foi triste ver as pessoas de Buenaventura desta maneira. Foi uma perda total, destruição, maquinaria arruinada. Estamos à espera para ver como se ultrapassa esta desgraças que aconteceu com a greve, que era pacífica mas acabou em tragédia.”

O governo e os líderes da greve falharam uma negociação na sexta-feira e, nessa noite, a violência popular, com lançamento de pedras e outros projéteis, bloqueio de estradas de acesso ao porto e incêndio de vários materiais, foi sustida a gás lacrimogénio pela autoridade, que acabou por deliberar um recolher obrigatório à meia-noite para toda a população.

HELIODOPTERO</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/Colombia?src=hash">#Colombia</a>: Today <a href="https://twitter.com/hashtag/Buenaventura?src=hash">#Buenaventura</a> and <a href="https://twitter.com/hashtag/Choco?src=hash">#Choco</a> communities protested again. <a href="https://twitter.com/hashtag/BuenaventuraResiste?src=hash">#BuenaventuraResiste</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/ChocoGritaNoMas?src=hash">#ChocoGritaNoMas</a> <a href="https://t.co/IGK6N0aXqL">pic.twitter.com/IGK6N0aXqL</a></p>— ubique (PersonalEscrito) May 21, 2017

Em Buenaventura, cerca de 400 mil habitantes enfrentam desemprego e pobreza acima da média nacional, hospital encerrado, um serviço irregular de distribuição de água potável, suspeitas de uso duvidoso de recursos públicos e a violência preponderante de gangues criminosos de tráfico de cocaína.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais uma morte na Nova Caledónia. França acusa Azerbaijão de fomentar a violência no arquipélago

Centenas de refugiados começaram a atravessar a fronteira de Myanmar para a Tailândia

Greve em Itália após explosão mortal em central hidroelétrica