EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Dia dos Refugiados: ONU e ONGs apelam à Europa a fazer mais por 65,6 milhões de pessoas

Dia dos Refugiados: ONU e ONGs apelam à Europa a fazer mais por 65,6 milhões de pessoas
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

O número de refugiados ou deslocados atingiu um novo recorde mundial de 65,6 milhões de pessoas no ano passado, segundo a ONU, mais do que a totalidade da população do Reino Unido.

No Dia Mundial dos Refugiados, a organização afirma que mais de metade das pessoas que procuram refúgio fora do seu país são sírios, afegãos ou sul-sudaneses que tentam escapar à guerra. Um fluxo acolhido, na sua maioria – 84% – por países em desenvolvimento, quando a ONU apela aos países mais ricos, em especial na Europa, a receberem mais refugiados.

Entre os deslocados, pelo menos 75 mil serão menores não acompanhados – a maioria sírios e afegãos. Um problema evocado também pelo Conselho da Europa, quando o Comissário dos Direitos Humanos, Nils Muiznieks, denuncia a forma como vários países europeus – Dinamarca, Suécia, Alemanha, Áustria, Finlândia – limitaram o direito ao reagrupamento familiar de refugiados.

A Human Rights Watch lançou também um apelo às autoridades europeias para o risco de confiar os resgates no mediterrâneo a países terceiros, em especial à Líbia, após vários incidentes em que as forças do país foram acusadas de colocar em risco a vida de migrantes.

Refugee Day: Mustafa Bag

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Houthis reivindicam ataques a 3 navios nas últimas 24 horas

ONU diz que podem ter sido cometidos crimes de guerra na operação de resgate em Gaza

Conselho de Segurança da ONU aprova resolução dos Estados Unidos para um cessar-fogo em Gaza