Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Portugal no bom caminho

Portugal no bom caminho
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Portugal está bem e recomenda-se é o que se pode traduzir das palavras de Pierre Moscovici. O comissário europeu dos Assuntos Económicos afirmou, esta terça-feira, em Lisboa, que o progresso do país “é muito impressionante”.

Em conferência de imprensa, entre um encontro com o governador do Banco de Portugal e outro com o primeiro-ministro, Moscovici falou da “enorme “história de sucesso” que a Comissão Europeia quer que Portugal seja, a nível europeu:

“O progresso feito por Portugal é, de facto, muito impressionante, na minha última visita, em novembro de 2016, fomos capazes de decidir a saída de Portugal do procedimento por deficit excessivo. Agora, o nível de deficit é, segundo as nossas previsões, de 1,8 por cento, este ano”, explicou o comissário.

Moscovici adiantou ainda que o crescimento económico “ficará, provavelmente, acima dos 2,5% este ano” e falou do “diálogo de alta qualidade” que tem mantido com o governo português. Mas Portugal tem ainda trabalho pela frente:

“A minha mensagem é de que necessário, não só continuar com a redução do deficit nominal, mas também acompanhar a consolidação do deficit estrutural, que também precisa de ser reduzido, porque essa é a maneira de sustentar a recuperação e também de reduzir a Dívida a longo prazo”, adiantou Moscovici.

O país não segue ainda em velocidade de cruzeiro, ainda assim o comissário europeu considera que o crescimento duradouro é possível, graças à “quantidade e qualidade das exportações, o regresso do investimento” e à “explosão do turismo”.

Com Lusa