Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

"Clash": um retrato da revolução egípcia em estreia portuguesa

"Clash": um retrato da revolução egípcia em estreia portuguesa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um filme de ação sobre a revolução egípcia é a nova proposta de Mohamed Diab.

A obra mais recente do realizador egípcio estreia esta semana em Portugal.

“Clash” passa-se no interior de um veículo militar. Dentro da viatura encontram-se membros da Irmandade Muçulmana, revolucionários e até apoiantes dos militares.

Será que os detidos vão conciliar as diferenças para conseguirem sobreviver? É uma das questões colocadas pelo filme.

A Euronews entrevistou o realizador egípcio, no ano passado, em Cannes, logo depois de “Clash” ter ganho o prémio “Un certain Regard”.

“O que se passa no Egito? É a questão que colocamos no final do filme. Será que essas pessoas vão sobreviver? Não tenho resposta, mas sinto-me magoado. Acreditei por momentos que estávamos a chegar a algum lado, mas, agora, sinto que andámos para trás, em relação à sociedade que tínhamos antes da revolução”, contou Mohamed Diab na entrevista realizada durante a edição 2016 do Festival de Cannes.