EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Desaparecimento de ativista mobiliza Argentina

Desaparecimento de ativista mobiliza Argentina
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Milhares de argentinos exigem das autoridades informações sobre o paradeiro do ativista Santiago Maldonado

PUBLICIDADE

Milhares de argentinos participaram na sexta-feira numa manifestação em Buenos Aires, exigindo das autoridades informações sobre o paradeiro do ativista Santiago Maldonado.

O jovem de 28 anos foi visto pela última vez no dia 1 de agosto, quando participava num protesto da comunidade indígena Mapuche, desalojada de terrenos adquiridos pelo proprietário da firma italiana Benetton na localidade de Cushamen, na província de Chubut. Os índios Mapuche ocupam desde 2015 terrenos comprados por Luciano Benetton que reclamam como ancestralmente pertencentes à comunidade Mapuche, um povo indígena da região centro-sul do Chile e do sudoeste da Argentina.

“Gritámos aqui o mesmo há quarenta anos, durante a ditadura militar, quando eles levaram vivos os nossos familiares. Exigimos que sejam entregues vivos e que sejam castigados os responsáveis. É inaceitável sermos obrigados hoje a exigir o mesmo de um governo constitucional”, disse Taty Almeida, da associação “Madres de Plaza de Mayo Línea Fundadora”.

“Ahora, ahora, resulta indispensable. Aparición con vida y castigo a los culpables” canta la Plaza de Mayo #SantiagoEstaDesaparecidopic.twitter.com/wBgJu1vjcY

— Abuelas Plaza Mayo (@abuelasdifusion) 11 août 2017

Santiago Maldonado: Con vida se lo llevaron, con vida lo queremos pic.twitter.com/hz3MXc5iUY

— CELS (@CELS_Argentina) 11 août 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Argentinos voltam à rua para se manifestarem contra Milei

501 caixões e 200 sacos com cadáveres encontrados abandonados na Argentina

Argentina fora dos BRICS por decisão de Milei