Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Concluído desarmamento das FARC

Concluído desarmamento das FARC
Tamanho do texto Aa Aa

Uma nova página da história da Colômbia ficou completa com a entrega de mais de 8 mil armas e de 1,3 milhões de munições pelos guerrilheiros das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

Foi de Pondores, no departamento de La Guajira, localizado no norte do país, que saiu o último carregamento de armas entregues a uma delegação da ONU.


O Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, proclamou o fim oficial do conflito de décadas: “Acabamos de presenciar algo realmente histórico. […] Diria que é o último suspiro de um conflito que durou 53 anos. Quando vimos o último contentor sair desta vereda isso representou o final do abandono das armas.”



As FARC passam da luta armada a ser um partido político, tal como previsto com os acordos de paz firmados depois de quatro anos de negociações.

“Começa a verificação, também por parte das Nações Unidas, da reincorporação das FARC na vida política, económica e social do país”, disse Iván Márquez, um dos líderes das FARC.

Esta terça-feira, o Comité Internacional da Cruz Vermelha Internacional recebeu 24 menores de idade que deixaram os acampamentos das FARC no quadro do acordo de paz firmado entre a guerrilha e o Governo.

Com Reuters