EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Plenário de Charlottesville marcado por protestos

Plenário de Charlottesville marcado por protestos
Direitos de autor 
De  Antonio Oliveira E Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pessoas foram expulsas pelas autoridades depois de interromperem eleitos locais.

PUBLICIDADE

Com agências

O primeiro plenário municipal depois dos confrontos em Charlottesville, no estado norte-americano da Virgínia ficou marcado por protestos.

Várias pessoas foram expulsas pelas autoridades locais depois de interromperem a assembleia.

Os residentes acusaram as autoridades de responsabilidade pela morte de Heather Heyer, ativista pelos Direitos Civis.

Heyer foi morta num ataque levado a cabo por um simpatizante da extrema-direita, que investiu com um veículo contra grupos que protestavam contra a presença dos supremacistas brancos e neo-nazis na cidade.

As autoridades permitiram que fosse realizada uma manifestação contra a remoção de uma estátua do General Robert E. Lee, que lutou do lado da Confederação – que defendia a escravatura – durante Guerra Civil dos Estados Unidos.

BREAKING: City Council votes to shroud Lee, Jackson statues in black. https://t.co/F458SihXLM

— The Daily Progress (@DailyProgress) 22 de agosto de 2017

A remoção de estátuas relacionadas com figuras destacadas da Confederação tam provocado polémica e mesmo confrontos nos EUA, especialmente nos estados do que é culturalmente definido como o Sul – como as Carolinas, o Kentucky, o Tennessee, a Geórgia, o Alabama, o Mississippi ou o Arkansas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Um grande gesto de um grande presidente". Líderes europeus reagem à desistência de Biden

Comício Republicano: Trump diz que levou "tiro pela democracia" e elogia Putin, Xi e Orbán

Democratas pressionam Joe Biden para reavaliar candidatura às presidenciais