Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Bitcoin ganha terreno na Venezuela

Mercado em Caracas, Venezuela
Mercado em Caracas, Venezuela
Tamanho do texto Aa Aa

Entre pobres e ricos, na Venezuela as moedas virtuais, como a Bitcoin, estão vulgarizar-se e até já há quem utilize a divisa para o dia-a-dia, até mesmo para pagar as despesas com o pessoal numa empresa.

Num país com uma inflação de 2000 % prevista para o próximo ano, a Bitcoin torna-se num refúgio. Leopoldo Gullot, dono de uma empresa de gestão de cambio Bitcoin explica o sucesso das "criptomoedas" no país.

O sucesso das "criptomoedas" levou até mesmo o presidente da Venezuela Nicolas Maduro a anunciar a criação de uma destas divisas. Maduro sempre acusou forças externas de manipularem o valor do bolívar. Agora terá encontrado uma solução. Mas há o receio de que o branqueamento de capitais fique facilitado num pais que é uma maiores placas giratórias de droga.

No início do ano, na Venezuela, uma Bitcoin valia 1000 dólares, este mês atingiu 17 mil dólares.

Sem intermediários e necessidade de possuir contas bancárias, as moedas digitais ganham em popularidade, mesmo para comprar bananas, embora haja quem alerte para os perigos de não existir o controlo e garantias de entidades como os bancos centrais.