Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Liberianos escolhem o próximo presidente

Liberianos escolhem o próximo presidente
Direitos de autor
REUTERS/Thierry Gouegnon
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 2,2 milhões de eleitores escolhem entre a lenda de futebol George Weah, senador de 51 anos, e o vice-presidente cessante, Joseph Boakai, 73 anos, no cargo há 12.

As urnas abriram nas 5.390 mesas de voto em todo o país às 07:00 locais (mesma hora em Lisboa) e encerram às 18:00. Na primeira ronda, a taxa de participação chegou aos 75%, mas nenhum dos candidatos conseguiu mais de 50% dos votos.

Os dois mais votados foram Joseph Boakai, apoiado plo Partido Unido, atualmente no poder, e George Weah, do partido Congresso para a mudança Democrática.

Na primeira volta, Boakai conseguiu 29,1% por cento dos votos e Weah obteve 39% dos votos.

Aguarda-se que os primeiros resultados oficiais provisórios possam ser divulgados antes da meia-noite, mas os finais deverão ser conhecidos apenas quarta ou quinta-feira.

A Comissão Nacional de Eleições liberiana, segundo a lei, tem até duas semanas para dar a conhecer os resultados finais da segunda volta das eleições -- a primeira ocorreu a 10 de outubro último.

Pela primeira vez em mais de 70 anos, o país oeste-africano, fundado por escravos norte-americanos livres, vão assistir à passagem de um governo democraticamente eleito para outro, depois de terminados os dois mandatos constitucionalmente permitidos de Ellen Johnson Sirleaf, 79 anos, a primeira mulher a presidir um país africano e Nobel da Paz em 2011.