Artur Más deixa presidência do Partido Democrata Catalão

Artur Más deixa presidência do Partido Democrata Catalão
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ex-presidente da Região Autonómica mostrou divergências com o sucessor Carles Puigdemont.

PUBLICIDADE

O antigo presidente da Catalunha Artur Más decidiu deixar a presidência do Partido Democrata Catalão (PDeCAT), a que pertence também o sucessor e líder do processo que levou à declaração unilateral de independência, Carles Puigdemont.

Más revelou divergências de Puigdemont, nomeadamente quanto ao timing da independência: "Não conseguimos ultrapassar claramente os 50% dos votos e isso obriga-nos a compreender que não é possível, a curto prazo, acelerar o processo independentista", disse o ex-presidente da Região Autonómica.

Exilado em Bruxelas depois de Madrid ter imposto à força o fim do processo de independência e ter marcado eleições antecipadas, Puigdemont parece prestes a assumir, oficialmente, a posição que já exercia de facto, a de líder do maior partido independentista da Catalunha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Câmara dos Deputados espanhola rejeita Lei de Amnistia

Direita espanhola nas ruas contra acordo de amnistia para independentistas catalães

Milhares em Madrid contra o acordo de amnistia para os separatistas catalães