Última hora
This content is not available in your region

Artur Más deixa presidência do Partido Democrata Catalão

euronews_icons_loading
Artur Más deixa presidência do Partido Democrata Catalão
Tamanho do texto Aa Aa

O antigo presidente da Catalunha Artur Más decidiu deixar a presidência do Partido Democrata Catalão (PDeCAT), a que pertence também o sucessor e líder do processo que levou à declaração unilateral de independência, Carles Puigdemont.

Más revelou divergências de Puigdemont, nomeadamente quanto ao timing da independência: "Não conseguimos ultrapassar claramente os 50% dos votos e isso obriga-nos a compreender que não é possível, a curto prazo, acelerar o processo independentista", disse o ex-presidente da Região Autonómica.

Exilado em Bruxelas depois de Madrid ter imposto à força o fim do processo de independência e ter marcado eleições antecipadas, Puigdemont parece prestes a assumir, oficialmente, a posição que já exercia de facto, a de líder do maior partido independentista da Catalunha.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.