África reage com indignação à polémica de Trump

África reage com indignação à polémica de Trump
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

União Africana condena palavras do presidente americano. Nas ruas o sentimento é de indignação.

PUBLICIDADE

A União Africana condenou os alegados insultos de Donald Trump que deixaram, por exemplo, os habitantes de Nairóbi estupefactos. Nas ruas da capital do Quénia a indignação fez-se sentir.

Os comentários do presidente americano relatados na imprensa caíram que nem uma bomba na África do Sul. Para a secretaria-geral do ANC, Jessie Duarte, há comentários que nunca se fazem: "Há milhões de pessoas desempregadas nos Estados Unidos, milhões de pessoas sem acesso à saúde nem à educação, mas isso não nos faria emitir comentários ofensivos e depreciativos como estes acerca de nenhum país com dificuldades socioeconómicas ou de qualquer outro tipo."

Noutros países outras reações. No Botswana, por exemplo, as autoridades convocaram o embaixador americano e confrontaram-no com as palavras do seu presidente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Donald Trump vence primárias republicanas na Dakota do Norte

Supremo dos EUA decide que Trump pode ser candidato à presidência no Colorado

Nikki Haley bate Trump em Washington DC e consegue primeira vitória nas primárias republicanas