Última hora

Mais de 20 feridos em confrontos nas Honduras

Mais de 20 feridos em confrontos nas Honduras
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de duas dezenas de pessoas, entre civis e militares, ficaram feridas, em Tegucigalpa, na Honduras, no seguimento de confrontos durante uma manifestação contra uma alegada fraude nas eleições gerais, de 26 de novembro, que reelegeram o presidente Juan Orlando Hernández.

A denúncia foi feita pela Aliança da Oposição do ex-candidato presidencial Salvador Nasralla que afirma: "o objetivo é realizar um ensaio para o que acontecerá todos os dias, indefinidamente, a partir de sábado 20 de janeiro. Sem ser preciso chamá-las, as pessoas estão a participar, mas a partir do dia 20, será a nível nacional não apenas em Tegucigalpa ou San Pedro (Sula), mas a nível nacional ".

Nasralla não reconhece os resultados do Tribunal Supremo Eleitoral que, a 17 de dezembro, declarou Juan Orlando Hernández presidente eleito.

O TSE garante que após a recontagem dos votos, foi ele quem ganhou as eleições

Salvador Nasralla acredita que a população irá impedir que Juan Orlando Hernández tome posse no dia 27 de janeiro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.