Última hora

Última hora

Bitcoin na mira de Davos

Em leitura:

Bitcoin na mira de Davos

Bitcoin na mira de Davos
Tamanho do texto Aa Aa

Os políticos de todo o mundo, presentes no Fórum Económico Mundial, que está a decorrer em Davos, na Suíça, têm a Bitcoin, e outro tipo de cripto moedas, na mira. Exigem mais regulamentação para evitar que elas sejam utilizadas em atividades criminosas.

Já a Suécia não as considera verdadeiras moedas de troca:

"A Bitcoin ou outras versões de ativos criptográficos, ou moeda criptográfica, como alguns gostam de chamá-la, é algo completamente diferente do dinheiro emitido pelo banco central. Este tipo de ativos não são muito eficientes, pelo menos é assim que os vemos agora, não têm um valor estável, não são um bom meio de troca. Cabe a cada indivíduo decidir se quer investir nesse tipo de ativos, ou não, mas não é o tipo de dinheiro que o Banco Central forneça", afirma Cecilia Skingsley, vice-governadora do Banco Central da Suécia.

São vários os países que estão a estudar formas de regulamentar este tipo de moedas. O governo russo apresentou já um projeto de lei para diminuir, consideravelmente, o "risco de fraude" e "ajudar a criar um imposto, transparente, para as operações com moedas virtuais", aumentando as "receitas fiscais". Já a China e Coreia do Sul querem acabar com a bitcoin.