A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Reino Unido marca um ano sobre Grenfell

Familiares das vítimas
Familiares das vítimas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Setenta e dois segundos de silêncio, foi assim que por todo o Reino Unido se assinalou esta quinta-feira o primeiro aniversário sobre a tragédia da torre Grenfell, consumida pelas chamas há precisamente um ano.

A Rainha Isabel II vestiu-se de verde, cor adotada pelos familiares e vítimas, numa clara alusão à tragédia.

Os 72 segundos de silêncio, um por cada vítima mortal, foram observados por todo o país.

A torre Grenfell, situada num dos bairros mais exclusivos da capital britânica, causou 72 mortos no que é descrito como a pior tragédia do género após a Segunda Guerra Mundial.

Esta semana, a primeira-ministra britânica, Theresa May, veio a público apresentar desculpas por não se ter reunido com os familiares das vítimas nos dias que se seguiram ao incêndio.