Última hora

Última hora

Portugal recusa favoritismo diante de Marrocos

Em leitura:

Portugal recusa favoritismo diante de Marrocos

Portugal recusa favoritismo diante de Marrocos
@ Copyright :
REUTERS/Albert Gea
Tamanho do texto Aa Aa

O selecionador português, Fernando Santos, manifestou hoje o desejo de que quarta-feira, frente a Marrocos, no Mundial2018, Cristiano Ronaldo esteja ao seu “nível habitual”, contudo recordou que o futebol é, sobretudo, um jogo coletivo.

"Está incluído num grupo com mais 22 jogadores. A seleção portuguesa é campeã da Europa, com Ronaldo obviamente. É o nosso capitão, mas nunca vi um jogador sozinho ganhar o que quer que fosse", vincou.

Fernando Santos continua a admitir que já não sabe mais o que dizer do "melhor do Mundo", de quem espera sempre as coisas mais surpreendentes.

"Espero que esteja ao nível que nos habituou, ele e a minha equipa, e que possamos vencer um opositor muito forte como Marrocos", desejou.

Boa parte das perguntas nas conferências de imprensa estão relacionadas com Cristiano Ronaldo, situação que Fernando Santos vai tentando contrariar, lembrando que isto "não é um jogo individual, de ténis ou atletismo".

"Estamos num campeonato do Mundo, é um jogo entre seleções e há que respeitar muito a equipa de Marrocos, que é excelente e é essa que vamos defrontar. Temos de ganhar e isso é que é importante", rematou.

Por sua vez, o defesa central Pepe considerou hoje que Portugal não tem o favoritismo na partida frente a Marrocos. O jogador que atua no Besiktas, da Turquia, descartou que o título de campeão de Europa rotule a equipa nacional como favorita para este e outros desafios.

“Fomos campeões da Europa, mas isso já foi há dois anos, já passou muito tempo. O mais importante é estarmos focados no que temos de fazer amanhã (quarta-feira), darmos o melhor pelo nosso país. Aqui não há favoritismos, respeitamos muito o adversário e não será um jogo nada fácil”, vincou Pepe.

Portugal e Marrocos defrontam-se na quarta-feira, pelas 15:00 locais (13:00 em Lisboa), em encontro da segunda jornada do Grupo B do Mundial2018, que será arbitrado pelo norte-americano Mark Geiger.