Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Liviu Dragnea condenado a três anos e meio de prisão

Liviu Dragnea condenado a três anos e meio de prisão
Direitos de autor
Inquam Photos/Octav Ganea via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

Liviu Dragnea, líder do Partido Social Democrata da Roménia, foi condenado esta quinta-feira pela justiça do seu país por incitamento de abuso de poder.

No entanto, Dragnea, que é também o 'speaker' da Câmara baixa do parlamento, não vai cumprir a sua pena de prisão enquanto estiver a decorrer nos tribunais a sua esperada ação de recurso.

O político romeno foi considerado culpado de manter na folha de pagamentos de uma agência estatal duas mulheres que eram também funcionárias do seu partido, uma situação que vigorou entre 2006 e 2013.

Dragnea refutou sempre esta acusação, mas a sentença pode enfraquecer a sua posição no Partido Social Democrata. O líder partidário já foi condenado no passado por fraude eleitoral e está, por isso, impedido de ser primeiro ministro.

Para muitos romenos, este é somente mais um exemplo do problema da corrupção no país. A corrupção na Roménia é um problema que se tornou mais visível com a adesão à União Europeia há cerca de uma década.

Agora, muitos analistas políticos veem esta decisão como um movimento corajoso da justiça romena.