Última hora

Última hora

Imigração: manifestantes invadem edíficio do Senado em protesto

Em leitura:

Imigração: manifestantes invadem edíficio do Senado em protesto

Imigração: manifestantes invadem edíficio do Senado em protesto
@ Copyright :
REUTERS/Jonathan Ernst
Tamanho do texto Aa Aa

"Vergonha" para Donald Trump: foi com esta palavra de ordem que cerca de 600 manifestantes, na maioria mulheres, marcharam em direção a um edifício do Senado norte-americano para protestar contra a política migratória do presidente dos Estados Unidos, que resultou na separação de mais de 2300 menores de famílias de migrantes e o seu envio para centros de retenção.

Com cobertores de sobrevivência iguais aos distribuídos às crianças separadas dos pais que entraram no país de forma clandestina, as manifestantes invadiram o hall de entrada do edifício.

A atriz Susan Sarandon, que conduziu o cortejo, diz que "como mãe, se não soubesse onde estavam os meus filhos e vice-versa, isso seria traumático. Por isso, não podemos deixar que se torne na norma, nem em algo inevitável".

A manifestação aconteceu um dia depois de agentes federais terem removido o acampamento de protesto que se tinha instalado na semana passada em frente aos escritórios das autoridades de imigração de Portland, no Oregon.

Ontem, a Primeira Dama Melania Trump viajou até ao Arizona para demonstrar o apoio aos agentes da Imigração dos Estados Unidos e conhecer, em direto, o modo de funcionamento dos centros de detenção onde se encontram menores ainda à espera de ser reunidos com as famílias, depois do presidente ter voltado atrás com a política que previa a separação das famílias de indocumentados.