A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Hamilton renova por 45 milhões

Hamilton renova por 45 milhões
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais dois anos na Mercedes. Chega ao fim a especulação sobre o futuro de Lewis Hamilton na Fórmula 1.

O piloto britânico, quatro vezes campeão do Mundo, renovou contrato com a marca alemã até 2020.

A Mercedes confirmou a notícia. Toto Wolf, diretor executivo da equipa, não poupou nos elogios a Hamilton.

Oficialmente não foram revelados números, mas estima-se que o piloto britânico vai ganhar 45 milhões de euros por ano.

Hamilton será o piloto mais bem pago de sempre na Fórmula 1, ultrapassando o recorde de 43,8 milhões de euros que Raikkonen recebeu na Ferrari entre 2007 e 2009.

O britânico está na Mercedes desde 1998. No twitter lembra o percurso dos últimos 20 anos. Diz-se "para sempre grato pelo apoio, amor e proteção que recebeu da companhia" e manifesta-se "orgulhoso" das vitórias alcançadas.